Feed

Assine o Feed e receba os artigos por email

quarta-feira, 25 de março de 2009

Chocolate

comia com a singeleza de brincar
e um tempo que ficou impregnado
de uma nódoa um amigo
amizade colorida
que a sua risada fez tecer
uma saudade que bate
agora em minha porta
um sabor de chocolate
e os tabletes marrons
que teimo em guardar
para lavar minha inquietude
com o que ficou de ternura
com o que permanece de amor
sublimados em
nosso abraço pueril

Arquivo do blog