Feed

Assine o Feed e receba os artigos por email

terça-feira, 24 de março de 2009

Da janela

da janela
mãos recostadas sob o queixo
vejo pés de amora verde
um celeiro de verdades
que o outono descobriu
uma flauta doce
assoprando uma canção
e um pequeno convite de sol
embrulhando
uma saudade de amanhãs

4 comentários:

Sam disse...

Deixe-se embrulhar nesse abraço que as saudades do hoje, amanhã serão mais que mil novos outros abraços.

Meu beijo lhe deixo, amor!

Mai disse...

Que bom que voltaste a debruçar na janela em casa, E no terreiro consegues ver o pomar e sentes daí, o sabor das frutas.
A amora é uma delícia...

E em tua poesia tem sabores, cores, aromas...
E o vento toca flauta, os sons da flauta na doçura de estar livre, na janela, contemplando o belo...

Seja isto um estado de ânimo.

E eu vou comemorano e aproveitando...Tua poesia e o doce na músicalidade a flauta...


Beijos e muito carinho,

Mai

Dauri Batisti disse...

Momentos de contemplação abrem janelas na alma. O mundo fica diferente.

Abraço.

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,

Arquivo do blog