Feed

Assine o Feed e receba os artigos por email

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Poeminha retórico

A palavra é um ácido que me corrói,
mas que não me destrói
porque a ponho para fora
antes mesmo de ruminá-la.
Aos que chafurdam o meu nome,
que me inundam no pântano
malogrado das suas idéias,
eu vos digo: não conhecem
a décima parte do que me faço ser
aos que conquistam
a brandura de me fazer revelar.

Um comentário:

Sam disse...

Uuuuaaauuu!

U.A.U!

Mas deixem com se afoguem sozinhos e no proprio veneno.

Beijo meu!

Arquivo do blog