Feed

Assine o Feed e receba os artigos por email

domingo, 20 de março de 2011

O nome que se dá...

A Lua
existe
ate mesmo
entre frestas
e da janela
oblíqua
do tempo
se enxerga
longe,
o lume,
a prata
envernizada
da noite
com seu
sopro
de vento
fazendo
cócegas
no coração,
e é saudade
o nome
que se
dá a isso...

2 comentários:

Sam disse...

É!

Celina disse...

também estava com a saudade me acompanhando hoje...

Arquivo do blog