Feed

Assine o Feed e receba os artigos por email

sábado, 19 de dezembro de 2009

Essa Maria...

Essa ave pequenina que alça vôo,
Que emerge de tantos sorrisos-Maria,
Que faz da água fria um sabor de acordar,
Essa ave pequenina-Maria-poesia
Que se desmantela em nós a cada dia
É um ninho em gravetos bem forrados
De esperança e de magia
Que acalenta e contagia
E plaina o ar das nossas dores
Pondo-se além das nuvens
E montanhas para nos mostrar
Que podemos sim voar
Pelas asas da imaginação
Pelas asas dessa ave-Maria-poesia
Ressurgindo de nós mesmos.

Arquivo do blog