Feed

Assine o Feed e receba os artigos por email

sábado, 29 de maio de 2010

No silêncio

Hoje, tu tens um sorriso largo de me abraçar,
é quando desmbrulho todas as fotografias,
é quando recordo que não me deixavas
quieto tentando me desenhar...

Eu quero pintar ainda um poema
com as sete cores da tua alegria,
deitar na grama, me afundar no céu,
colher do infinito o teu mundo de sonhos.

Porque eu ainda não desisto,
é uma janela aberta, uma porta escancarada,
o meu amar calado, teu encanto guardado
na teimosia do meu coração...

2 comentários:

Sam disse...

Há de conseguir! Um coração teimoso, né?

Sei bem como é...

Vá em frente... e deixo pra trás, um abraço meu... pra quem quiser colorir com versos teimosos assim.

;-)

Mai disse...

Um simples sorriso e um querer bem, em silêncio.

carinho, sempre.

Arquivo do blog