Feed

Assine o Feed e receba os artigos por email

sábado, 15 de novembro de 2008

Quase seco

A gente percebe

quando bebe demais,

é quando o corpo fica entregue ao equilíbrio

das emoções,

é quando as pernas começam

a pular amarelinha numa rua quadriculada

de paralelepípedo

e um gole,

quase seco,

de conhaque

resolve umedecer um homem,

Quase seco,

com alguns bilhetes rasgados

que ficaram guardados

num rascunho de lembrança.

Arquivo do blog