Feed

Assine o Feed e receba os artigos por email

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

O passarinho e a laranjeira

E um passarinho
pousou aqui em
minha laranjeira
e fez ninho.
E o seu assovio
é um riso alegre
que faz cócegas
em meu viver.
E é assim:
o passarinho
e a laranjeira
são um destino
de sempre.
A laranjeira
é meu coração
e o passarinho
é você.

3 comentários:

Beatriz disse...

um poema gracioso, uma brisa.
beijos poeta

Sam disse...

Esse passarinho deve ser muito feliz... e sortudo também.

Será que ele sabe disso?

Fica bem, menino... beijo meu...

Mai disse...

Sabiás laranjeiras se aninham para cantarem na próxima primavera. Enquanto isto tu cantas poemas e canções aos passarinhos. Abraços, poeta.

Arquivo do blog