Feed

Assine o Feed e receba os artigos por email

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

acima

Olhar o céu
é dispensar no infinito
dois gritos,
um de paz, outro de solidão
pelo oblíquo instante
do dia,
pela abstrata hora
da noite.

2 comentários:

Lara Amaral disse...

Quem sabe contemplar, poupa os ouvidos Do Silêncio.

Beijo!

CARLA STOPA disse...

Dois gritos...Dualidade...

Arquivo do blog