Feed

Assine o Feed e receba os artigos por email

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

mantiqueira

infinito ápice
e vales tantos,
não há quem
não queira
se perder
na eira
de sua beleza:
mantiqueira,
são edifícios
grudados
num céu
que nenhum
olhar alcança.

3 comentários:

Lara Amaral disse...

Muito bem escrito, Márcio! Gostei!

Beijo.

Dauri Batisti disse...

Vale da mantiqueira, belezas muitas com certeza.

Um abraço.

Carla Diacov disse...

louca pelo subida proposta aqui, Marcio! Ainda em tempo, Feliz 2011!


beijos.

Arquivo do blog