Feed

Assine o Feed e receba os artigos por email

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Olhos de sal

Senta-se no banco,
Olhar desconfiado.
Sua boca derramando água,
Seus olhos de sal,
E o encontro da solidão,
Um pedaço de pão amanhecido
Com o vento que balança
Os brotos e as brácteas
das flores e capim crescido.
O tálamo da labuta
Estendido no chão,
Grosso e rude,
Embrulho que rege a vida cotidiana,
Homens armados de consumo.
Boca e pele, sede...
Argue uma dor,
Peito confuso e dilascerado,
Boca e pele, suor...
Olhos de sal,
Corpo de aço,
Alma de fel,
Vestido de carrocel
Com um cálice nas mãos...
O mundo girando e girando,
Fornalha que consome por dentro,
Os meninos piratas já roubaram seu lençol.
Resta-lhe apenas um teto de nuvens
Num abrigo de outras gentes.
Olhos de sal.

3 comentários:

Flávia disse...

Por uma dessas coincidências loucas da vida, no momento em que teu poema, estava literalmente com os olhos marejados, água e sal. Talvez isso tenha me feito dar a ele uma conotação melancólica, ou não... o que sei é que, melancólico ou não, o poema é de uma beleza única.

Obrigada pelo último comentário que fez em meu blog - ficou ainda melhor que o post, rs.

Beijos, moço.

Flávia disse...

errata: no momento em que li teu poema.

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,

Arquivo do blog